Dental Tools in Pocket

 BLOG DA ODONTOLOGIA 

Você sabe o que é frenectomia?


Você conhece a frenectomia? No decorrer das nossas vidas, adquirimos alguns problemas bucais. Mas outros já temos desde o momento que nascemos. Portanto, se não cuidarmos, eles acabam ocasionando para quadros piores.


No entanto, felizmente os procedimentos odontológicos estão cada vez mais avançados. Portanto, situações que antes eram difíceis de serem resolvidas, hoje podem ser facilmente reparadas a partir de procedimentos inovadores e versáteis.


Poucas pessoas sabem o que é frenectomia. E dependendo do quadro clínico, nem imaginam o quanto ela é útil. Mas para saber mais sobre esse processo, continue acompanhando o post. Boa leitura.


Conheça melhor a frenectomia


Inicialmente é importante que você entenda que em nossa boca há dois tipos de freios. As primeiras são as fibras responsáveis por sustentar algumas regiões bucais e da mobilidade a outras.


Elas são chamadas de freios labiais, localizadas na parte superior e inferior dos lábios. Porém, há os freios linguísticos, localizados no assoalho da boca e ligados à língua.


A frenectomia é um procedimento no qual um desses dois tipos de freios é cortado ou parcialmente removido da boca. Mas essa técnica é indicada somente em casos onde algum deles interfere de alguma forma nas funções básicas da região bucal.


Conheça os tipos de frenectomia


Como mencionado, existem freios na boca. Portanto, entre as principais complicações podemos citar, nos casos de freios curtos, a limitação dos movimentos da boca e os problemas fonéticos e na mastigação.


Mas os freios longos podem causar diastema, que é um espaço extra que se forma entre um ou mais dentes. Porém, mesmo não sendo obrigatoriamente um problema de saúde bucal, pode ser percebido como um incômodo estético.


Os dois tipos de cirurgia não dependem do tamanho dos freios bucais, mas sim do tipo de tecido que será consertado.


Freio labial


É feita a correção do freio labial tanto superior ou inferior. No primeiro procedimento, remove-se o freio que faz a ligação entre o lábio e o maxilar superior. Afinal, o principal incômodo nesses casos, embora não único, é estético.


Contudo, nos casos em que o freio é muito curto, a vedação labial pode ser prejudicada. Isso impede o fechamento correto da boca, limitando o movimento do lábio. Além disso, quando esse problema afeta as crianças, pode prejudicar o desenvolvimento da respiração nasal e levar à respiração bucal.


A frenectomia labial inferior é feita por motivos semelhantes e geralmente é indicada para acabar com problemas periodontais e recessão das gengivas. O procedimento também é indicado também para adultos e idosos que utilizam próteses dentárias. Afinal, a movimentação dos lábios pode fazer com que o freio labial inferior movimente a prótese gerando menor retenção.


Freio Lingual


O procedimento é indicado para corrigir o freio lingual, quando ele é muito curto e/ou rígido. Nessa situação, a pessoa apresenta dificuldade na fonação.


São popularmente chamadas de pessoas com “língua presa”. Mas, diante da situação, o crescimento adequado dos ossos da face pode ser prejudicado, causando problemas ortodônticos, além de apneia do sono.


Onde realizar o procedimento de frenectomia?


Você conhecia o procedimento de frenectomia? Agora que você já sabe, viu que é possível fazer a correção.


A Simples Implantes conta com uma equipe de profissionais altamente qualificados para realizar esse procedimento. Além disso, contamos com um espaço completamente equipado para te atender com a maior comodidade.


Gostou do post? Compartilhe essa informação!


Posts Em Destaque

Posts Recentes

Arquivo

Procurar por tags

Siga

  • Facebook Simples Implantes
  • Instagram Simples Implantes
  • YouTube Simples Implantes
icone-whatsapp.png